Outras coisas

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Eu podia vir aqui e dizer o quanto estou assustada. O quanto chorei nas últimas 2 noites antes de adormecer.
O quanto estou triste. O quanto me sinto fágil e desamparada.
Como deixei de ter vontade de organizar o meu casamento e de decorar a minha casa.

E como me sinto revoltada, com a vida. Com a vontade de Deus...


Mas...

apenas digo que apesar de sentir tudo isto e de não me apetecer sorrir, hoje tive que acordar, sair de casa e pensar que tudo vai correr bem.

7 comentários:

  1. É natural que te sintas assim, desemparada, afinal de contas é a tua mãe, nunca vai deixar de ser o ser mais importante da tua vida. Eu na mesma situação estaria assim e é bom que estejas assim, triste, porque a situação não é nada agradável, mas esperançosa de que todos os dias a seguires sejam melhores. um beijo cheio de força para ti *

    ResponderEliminar
  2. Acho que é normal sentires-te assim. Espero que acabe por correr tudo bem. Força :)
    *

    ResponderEliminar
  3. Por muito que te custe, tens de ir em frente e ser forte, tanto por ti como pela tua mãe. Tens que acreditar e ter fé que tudo vai correr pelo melhor! Um abraço!

    ResponderEliminar
  4. Não conheço o teu problema, mas corta-me o coração ler as tuas palavras, pois só mesmo algo muito ruim nos tira o sorriso do rosto quando estamos a pensar casar e decorar a nossa casa.
    Desejo-te muita força e que tudo se resolva pelo melhor, para que em breves voltes a sorrir.
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Oh querida pareces tão triste, este post apertou-me o coração. Mesmo não te conhecendo, gosto deste teu cantinho e odeio sentir que pessoas a quem tenho alguma ligação (mesmo virtual) estejam tristes. Espero que te animes, e que esta fase má passe, tens tantas coisas boas a aproximarem-se, levanta a cabeça, apoia a tua mãe e tenta distrair-te com as coisas que tens para organizar.

    beijinhos***

    ResponderEliminar